Lidar com o stress

Organizar o dia ajuda a lidar com o stress

Posted on: Março 31, 2009

 

Gerir o tempo não é fácil, pelo menos não para mim. Por vezes ter muito tempo disponível pode ser tão mau ou pior que ter pouco. Como em tudo o resto é importante equilibrar. Difícil é conseguir o equilíbrio.

Tal como muitas outras coisas na vida, gerir o tempo é um processo.

Vendo bem gerir o tempo é a nossa vida.  E esta é tanto mais rica e substancial quanto mais fizermos o que gostamos de forma equilibrada para não sentirmos que fazemos pouco disto e demasiado daquilo.

O que não gostamos também entra aqui.

Existem tarefas que têm de ser feitas apesar de não gostarmos. Normalmente são repetitivas e vazias: levar o lixo, lavar talheres, por meias a enxugar, falar sobre um  assunto do qual não gostamos mas faz parte de um todo,_________(acrescentem aqui o que não gostam de fazer). Se nos organizar-mos de forma a que fiquem enquadradas com outras das quais gostamos, tornam-se mais fáceis de fazer.

Este post não é uma lista de gestão de tempo, fala sobre uma alteração no meu dia-a-dia causado, em parte, porque o marido de uma amiga está com um príncipio de esgotamento. Ele tem várias actividades e todas por gosto mas não é verdade que “Quem corre por gosto não cansa”. Demora mais a cansar mas se não intercalar com actividades em que se sinta descontraído ou ausência de actividades, acaba por se cansar.

Apercebi-me que, apesar de gostar do que faço  12 h por dia  é muito tempo. Tenho  que impor limites ao trabalho para deixar mais vida entrar.  

Tenho a possibilidade de gerir o meu tempo mas  o que quero ultimamente é trabalhar. Limito os convívios com familiares e amigos a 2, 3 vezes por semana, entre 2 a 4 horas cada vez. Tenho que mudar isto.

Comecei a elaborar um horário de trabalho para gerir o meu dia.  Coisas normais como preparar refeições estavam a ficar para trás. Comia  uma sandes em 2 minutos só para voltar para o computador. Péssimo! Estava tão mal nutrida que demorava o dobro do  tempo a ler o que precisava e estava com um cansaço que não desaparecia dormindo. Ontem recomecei a alimentar-me (almoço e jantar, sem sandes) e o cansaço diminuíu.

No horário que comecei a criar estipulei um período de 3 horas depois das 18:30 para fazer o que quiser menos trabalhar. Posso fazer o jantar,  ir tomar café, ver dvd’s, ler um livro em nada relacionado com os temas dos blogues, costurar, fazer arraiolos, ficar em casa, sair, o que fôr, menos trabalhar.

Depois das 21:30h posso recomeçar se quiser e como há noite estou mais focada (acho que é por causa do silêncio) posso trabalhar mais um pouco.

Sei que vou ficar com a consciência pesada por causa das 3 horas nos primeiros dias mas depois acho que vou sentir-me muito melhor.

Hoje não consegui cumprir as 3 horas, foram mais 15 minutos para jantar. Quando apercebi-me das horas já eram 19:45. 

Amanhã vou pôr o alarme para as 18:30h e a essa hora vou descobrir alguma coisa para fazer que seja lazer. 

 

   Diga o que costuma  fazer para descontrair. Tem uma parte  do dia reservada para isso ou é quando calha?

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: