Lidar com o stress

Está tudo ligado

Posted on: Setembro 21, 2009

.

.

Uma coisa leva a outra, essa por conseguinte leva a outra e assim por diante. Os últimos meses têm sido difíceis em alguns aspectos e para mm o mais complicado foi continuar. Só agora algumas coisas que tenho vindo a fazer começam a dar fruto, outras foram iniciadas agora e ainda há as que já existem há muito mas não deram nada ainda.

.

Devo desistir dessas?

.

Há vários tipos de recompensa: financeira, familiar, social, emocional e de realização pessoal. É muito agradável a sensação de conseguir superar-mo-nos. Saber que ultrapassámos a dificuldade que temos porque nos esforçámos para isso. as que ainda não deram resultados encontram-se nesse campo por isso vou continuar.

.

Como sei quando devo desistir das outras?

.

Depois de ter feito o meu melhor durante uns 3 meses e não obter resultados. As resposta nem sempre são imediatas e por vezes são até bastante lentas. Paciência é uma qualidade que eu não tenho mas pratico porque é demasiado importante para abdicar.

.

Um elo depois do outro

.

Quando era pequena ensinaram-me (ou tentaram ensinar-me) a fazer crochet. É uma espécie de arte manual onde são usadas as mãos da(o) artista, uma agulha e um fio contínuo para produzir qualquer coisa a que a(o) artista se predispõe. O fio é contínuo e independentemente do que é feito, os pontos estão todos interligados.

Para aprender o ponto base formamos um fio onde podemos ver a ligação e parece mesmo uma corrente: cheia de elos ligados uns aos outros…

Sinto-me grata.

.

O importante é começar

Preciso de…

.

2 Respostas to "Está tudo ligado"

Olá Maria,

Eu também ando à procura da fórmula mágica para lidar com o stress, até porque agora aos 36 anos começo a sentir na pele os problemas daí resultantes. Obrigada Maria pela sua ajuda! A música Clair de Lune também contribuiu…

Até breve!

Olá, Sandra

Obrigada pela visita e pelo comentário.
Não há formula mágica para lidar com o stress. Existem pequeinas fórmulas em todas as coisas que fazemos.
Encontrar a certa para cada uma não é uma meta, é um processo.

Desacelerar não é fácil mas tomar a consciência que precisamos de fazê-lo para gozar a vida mais e melhor, é o primeiro e mai importante passo que podemos dar. A partir daí fazemos tudo com maior consciência.
Consciência do que estamos a fazer e da forma como nos sentimos ao fazê-lo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: