Lidar com o stress

Auto-boicote causa stress. Lidar com ele parte por descobrir o motivo da sua existência

Posted on: Fevereiro 17, 2012

.

Creio que a vida deve ser um contínuo interligar de gostos, vontades, sonhos, aspirações, desejos e valores.

Recentemente li algo que está a fazer mudar a forma como a vivo e faz com que preste mais atenção ao que faço para perceber se está indo ao encontro desses valores (página 10 do PDF e nº42 da folha).  

Tenho prestado ainda mais atenção ao “porquê?”. Embora dê valor quando faço por acaso, não me  interessa tanto quanto quando o faço com intenção.

Interesso-me ainda mais em perguntar “porquê?” quando não faço o que devo para ficar em harmonia com o que quero.

Auto-boicote (pois é, ando a boicotar-me)

Há algo que quero muito mas apesar disso ando a sabotar-me e a não fazer o que preciso para atingi-lo. A pergunta “porquê?” em relação a isso anda constantemente na minha cabeça.

E a resposta, percebi hoje, está a ser-me dada aos poucos no meu dia-a-dia.

Há aspectos da vida que tenho tendência de pôr em redomas separadas de todos os outros. Como faço isso, acabo por não perceber que as redomas são apenas imaginárias e que um aspecto interfere com todos os outros em maior ou menor grau.

Hoje tive consciência disso e o trabalho do dia-a-dia deste mês será trabalhar bem os valores base e enquadrar o que faço neles.

O motivo pelo qual quero o que quero é vago, indefinido estava associado a uma insegurança que queria ultrapassar sem saber porque queria ultrapassá-la e ainda menos o que fazer depois de tê-la ultrapassado (tanto que já consegui no passadoe voltei à estaca zero).

Ler o texto que indiquei fez-me perceber:

– que é um aspecto da vida com o qual tenho lidado mal porque não sabia o que queria dessa faceta da vida (agora ando a ver o que sei, o que preciso saber e mais importante:  o que quero dela);

-Existem várias outros aspectos da vida que não estavam bem porque também não sabia lidar com eles e pensava que sabia;

Concentro-me mais e melhor se souber para que objectivo maior o faço (para não falar que dá muito mais gozo);

-Continuo a querer o que queria porque é algo que gosto mas preciso de enquandrar isso nos meus outros valores. Preciso saber a qual deles pertence para receber o ânimo que preciso para recomeçar e concluir.

-O boicote fica assim esclarecido e este objectivo é o primeiro a enquadrar nos valores base para que a sabotagem deixe de existir.

Se acha que estes motivos não são suficientes, saiba que são algumas folhas do livro “Casais inteligentes terminam ricos” e as folhas em questão nada têm a ver com dinheiro mas com algo muito maior e melhor: vida.

P.S. O texto está em inglês mas pode ser traduzido aos poucos no seu tradutor habitual ou no Google translator.

Etiquetas:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: